segunda-feira, 19 de agosto de 2013

A amiga !



Uma das principais reclamações das mulheres, em uma relação amorosa, é que o homem sempre dispensa mais atenção às amigas, ou a uma amiga apenas, e deixa-as sem a devida atenciosidade. Isso é uma contrariedade muito relevante nas relações uma vez que acaba ou destruindo ou equilibrando o relacionamento.

É uma contrariedade por que a mulher do relacionamento veio depois das amigas, ou da amiga, e, portanto, tem menos direito e deveres que quem veio muito antes. É uma contrariedade pelo fato de cada uma tem seu lugar, seu direito (o de falar a verdade sem medo de retaliações, por exemplo) e sua liberdade. É dessa contrariedade entre o que a amiga pode e o que a mulher deve aceitar que reside a reclamação mais desnecessária que existe no mundo dos casais.


A mulher precisa entender que seu namorado (noivo ou afins) tem amigas, ou apenas uma, em quem descarrega seu pior e seu melhor e de onde tira as ideias para impulsionar o relacionamento e isso é naturalmente normal. Muito normal por sinal. E o homem precisa dosar as informações que a mulher precisa saber. Esse é o equilíbrio.

Não adianta ter ciúmes da amiga da sua outra metade simplesmente por que se fosse para terem um relacionamento, a mulher não existiria. Isso é uma verdade.
Os homens precisam de amigas nas quais vejam metade homem, metade mulher onde possam falar a verdade sem as amenidades que agrediriam as outras mulheres com as quais possam ter algum tipo de relacionamento amoroso. Esse é o detalhe que diferencia a amiga da amante.

Amiga é amiga. E tudo o que isso implica é um universo no qual ninguém mais entra, além dos amigos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E Então!!!